Essa pose de menina-meiga-santinha é só disfarce.
No fundo eu escondo o veneno alecrim-doce de uma mulher.

sábado, 21 de janeiro de 2012

video

Às vezes, as palavras não dão conta de expressar certas sensações.
São momentos simples que fazem de nós quem realmente somos.

Um olhar em uma festa.
A promessa de um beijo.
O nascimento de uma criança.
A conquista de um pódio.
O término de uma obra.
A composição de uma música.

Uma palavra ouvida em silêncio.

Um silêncio ouvido como um grito.

Um momento de coragem.
A decisão de tomar as rédeas de sua própria vida.
A decisão de não ouvir ruídos que não te trazem nada de bom.
A decisão de trabalhar com pessoas que te estimulam.
A decisão de viver ao lado de pessoas que te amam.

Possibilidades....

Olhar para frente...

Deixar para trás o passado...

Aproveitar a possibilidade de...
Encontrar o momento de...
Aceitar a necessidade de...

E S T I M U L A R - S E

...e assim perceber que o melhor da vida estava em ti. Sim, em ti. Não na necessidade de ter mais, ser mais, viver mais. Não na necessidade de querer o outro. Não na necessidade de ser mais que o outro. Não na necessidade. Que o melhor da vida estava na possibilidade. Na possibilidade de ter mais, ser mais, viver mais. Na possibilidade de querer o outro. Na possibilidade de ser melhor sempre...


Sim... é possível!

Não é fácil...

Mas é melhor... sempre!
 byPequeno Inventário de Impropriedades

Nenhum comentário:

Quanto tempo falta para o natal?

Daisypath Christmas tickers